(51) 3012-0812 (51) 98980-3362 (51) 98980-3362

Fale Conosco: (51) 3012-0812

Fale Conosco: (51) 98980-3362

Selic a 9,25%: cálculo do rendimento da poupança muda

Poupança volta a ter rendimento pela regra antiga, com retorno fixo de 0,5% ao mês + TR, ou 6,17% ao ano. Mas mesmo rendendo mais, continuará perdendo para a inflação.
14/12/2021
Com a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de elevar a taxa básica de juros (Selic) para 9,25% ao ano, o cálculo do rendimento da caderneta de poupança muda e a rentabilidade voltará à regra antiga. Mas, mesmo pagando mais, a modalidade de investimento mais popular do país continuará perdendo para a inflação.
 
A rentabilidade da poupança passa a ser de 0,50% ao mês + TR, ou 6,17% ao ano – o mesmo rendimento que já era pago para a chamada "poupança velha" (depósitos feitos até abril de 2012). Até então, com a Selic a 7,75% ao ano, o retorno estava em 0,44% ao mês e de 5,43% ao ano.

Entenda a regra da poupança

Desde 2012, a poupança passou a ter dois tipos de remuneração. A regra é a seguinte:
 
  • Selic de até 8,5%: rendimento limitado a 70% da Selic + TR (Taxa Referencial calculada pelo Banco Central e que, desde 2017, está em zero) para novos depósitos e rendimento de 0,5% ao mês + TR (6,17% ao ano) para depósitos feitos até 2012
  • Selic maior que 8,5%: rendimento fixo de 0,5% ao mês + TR , ou 6,17% ao ano, para depósitos novos e antigos - independente da taxa de juros que estiver em vigor
 
Ou seja, com a Selic acima de 8,5% ao ano, todas as aplicações na caderneta passam a ter um mesmo rendimento fixo: de 0,5% ao mês + TR, ou 6,17% ao ano, como ocorria antes da mudança feita em 2012 nas regras.

 

FONTE: G1